Curso de Ética

Aristóteles - Ética a Nicômacos

Roteiro de Leitura

ARISTÓTELES. Ética a Nicômacos. Brasília: UnB, Livros I e II e V.

A Ética a Nicômacos é um dos textos clássicos de teoria moral, apresentando as concepções aristotélicas sobre as excelências morais, especialmente sobre a justiça. Nele, Aristóteles defende uma ética fundada na idéia de virtudes,- ou excelências morais, como preferiu traduzir Mário da Gama Cury. Aliás, para evitar compreensões equivocadas, convém ler os comentários do tradutor acerca das dificuldades da tradução e das opções feitas (vide pp. 12 e 13).

Leitura básica

O texto de leitura básica é o conjunto dos Livros I e II que tratam das relações entre ética e felicidade e da célebre teoria da virtude como sendo um meio termo entre extremos. E também o Livro V, que trata da teoria aristotélica da justiça.

Nas margens do texto existem números (tais como 1094 a e 1140 b) que se referem à localização do texto na paginação da edição completa de Immanuel Bekker, a qual funciona como padrão para as citações de Aristóteles. Assim, em vez de citar as páginas constantes em cada publicação das obras de Aristóteles, basta citar a numeração referente à edição padrão, o que possibilita localizar o texto citado em qualquer livro, independentemente do formato da edição e da língua utilizada.

Leitura complementar

Como texto complementar, são indicadas as lições Décima Segunda e Décima Terceira de Tugendhat, que tratam especificamente da Ética a Nicômacos.

Além disso, indica-se o livro V da Ética a Nicômacos, que é um dos textos mais importantes da ética e da filosofia do direito. Nele, Aristóteles faz um minucioso estudo sobre a justiça e propõe conceitos que, desde então, orientam boa parte das investigações sobre a idéia de justiça e as suas relações com o direito (temas como a distinção entre justiça corretiva e distributiva, entre direito natural e convencional e o conceito de eqüidade).

Questões

1. "Para Aristóteles, o comportamento ético conduz à felicidade porque todos os homens buscam a realização do prazer como um bem em si, e a finalidade do homem é maximizar o prazer e minimizar o sofrimento". Você concorda com esta frase? Justifique seu posicionamento, apontando em que medida a afirmação acima corresponde ou não ao pensamento aristotélico.

2. "Aristóteles é famoso por ter proposto o meio-termo como um critério adequado para orientar a ação ética. Para afirmar que as excelências morais são uma espécie de termo médio, ele partiu da idéia de que o homem é imperfeito e que, portanto, não se pode exigir dele que realize atos plenamente virtuosos, mas também não se pode aceitar que ele pratique atos completamente imorais. Assim, o o correto é exigir que os homens encontrem um meio-termo adequado entre praticar o bem e o mal, de tal forma que seja possível uma ética humanamente praticável." Você concorda com esta frase? Justifique seu posicionamento, apontando
em que medida a afirmação acima corresponde ou não ao pensamento
aristotélico.

3. As noções de justiça distributiva e justiça corretiva de Aristóteles são uma base interessante para pensar o problema das quotas para negros nos vestibulares e das quotas para deficientes nos concursos públicos?

Página anterior Próxima página
Capítulo 5 de 10
Licença Creative Commons | Atribuição | Uso Não-Comercial | Vedada a Criação de Obras Derivadas
Alguns direitos reservados
Exceto quando assinalado, todo o conteúdo deste site é distribuído com uma licença de uso Creative Commons
Creative Commons: Atribuição | Uso Não-Comercial | Vedada a Criação de Obras Derivadas

Como seria o Vade Mecum dos seus sonhos?

Estamos trabalhando em um Vade Mecum digital, inteligente, acessível e gratuito.
Cadastre-se e tenha acesso antecipado e gratuito à nossa versão beta.