Artigos

Dia Mundial do Meio Ambiente

Roberto Ramalho
  Comemorado entusiasticamente no mundo todos os anos no dia 05 de Junho e coordenado pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente, o Dia Mundial do Meio Ambiente é sem nenhuma dúvida a maior celebração global em torno de ações ambientais que visam ao equilíbrio e ao respeito ao meio ambiente.

  A data comemorativa surgiu há 36 anos, depois que a Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente, realizada em 1972 em Estocolmo (Suécia). Nesse evento de grande repercussão mundial para a época, a Organização das Nações Unidas estabeleceu uma Declaração sobre o Ambiente Humano, com 26 princípios, e um Plano de Ações que deveriam orientar as atitudes humanas, as atividades econômicas e as políticas de forma a garantir maior proteção ambiental.

  O principal objetivo desse dia comemorativo é a de chamar a atenção de povos, países e da mídia para a importância da preservação ambiental.

  Kigali, capital da Ruanda, foi a sede escolhida para comemorar o evento este ano, ou seja, as celebrações universais do Dia Mundial do Meio Ambiente.

  Segundo o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA), a escolha deste país da África Central para a celebração Mundial do Meio Ambiente, é em razão da combinação de uma riqueza ambiental extraordinária, incluindo espécies raras como os gorilas das montanhas, quase extintos, com a implementação de políticas verdes inovadoras.

  O Dia Mundial do Meio Ambiente foi estabelecido pela Assembléia Geral das Nações Unidas em 1972 marcando a abertura da Conferência de Estocolmo sobre Ambiente Humano.

Os principais objetivos das comemorações são:

  1. Mostrar o lado humano das questões ambientais;
  2. Capacitar as pessoas a se tornarem agentes ativos do desenvolvimento sustentável;
  3. Promover a compreensão de que é fundamental que comunidades e indivíduos mudem atitudes em relação ao uso dos recursos e das questões ambientais;
  4. Advogar parcerias para garantir que todas as nações e povos desfrutem um futuro mais seguro e mais próspero.

  Segundo a ONG WWF-Brasil "num momento em que a Natureza se apresenta especialmente inquieta, com manifestações causadas ou não pelo Homem - mas que cobram um preço alto em vidas -, tais como furacões furiosos, enchentes devastadoras, deslizamentos letais, invernos glaciais, chegamos ao Dia Mundial do Meio Ambiente chamando não somente à reflexão, mas, principalmente, à ação de todos em defesa da vida". (...)

(...) "Atitudes individuais e coletivas, como o consumo consciente no dia a dia e a exigência, pela população, do cumprimento das leis por órgãos governamentais em todos os níveis são fundamentais".

(...) "À sociedade civil organizada, em especial às ONGS sócio-ambientalistas como o próprio WWF-Brasil, cabe conceber e aplicar soluções, realizar campanhas, mobilizar e facilitar o engajamento de indivíduos, governos e iniciativa privada num esforço conjunto para o bem comum das gerações de agora e do futuro".

  E de acordo com o site da Sociedade Brasileira de Dermatologia o principal grupo de gases nocivos à camada de Ozônio conhecidos como clorofluorcarbonos são:

  • Dê preferência a geladeiras e aparelhos de ar condicionado que utilizam gases inofensivos;
  • Evite embalagens de isopor, as quais utilizam CFCs em sua fabricação;
  • Prefira extintores de incêndio sem halons;
  • Caso tenha um extintor de halons, evite descargas desnecessárias e certifique-se que não há vazamentos;
  • Plante uma árvore;
  • Utilize material reciclado;
  • Use transportes coletivos ou bicicletas.

  Em todo o território nacional estão previstos pelas Secretarias Estaduais e Municipais de Meio Ambiente e pelos órgãos ambientais, congressos, palestras, exposição fotográfica, lançamento de livros, oficinas, minicursos e apresentações artísticas.

  O Dia Mundial do Meio Ambiente é tão importante que a Escola da Advocacia-Geral da União (AGU) informa que estão abertas as inscrições para a Palestra "Um ano de atuação da Agenda Ambiental na AGU - Ações e Resultados" previsto para acontecer no próximo dia 10 de junho de 2010.

  Em mensagem alusiva ao Dia Internacional do Meio Ambiente, o presidente nacional da OAB, Ophir Cavalcante, no site oficial do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, afirmou que a grande equação que nos desafia diariamente na questão ambiental é como compatibilizar a natureza e o desenvolvimento.

  Afirmou ele: "Esse é um quesito que passa pela conscientização de que vale a pena investir na educação e no pensar ecológico, mesmo que estejamos vivendo catástrofes de alcance global como revelam as imagens do óleo vazando do Golfo do México e se encaminhando para o mar aberto". O presidente nacional da OAB afirmou, ainda, que neste Dia Internacional do Meio Ambiente e em muitos outros, o desafio de todos os povos e governos é de continuar lutando para que essa resposta não venha tarde demais. "Quando a natureza é agredida ela reage, por isso só poderemos comemorar quando soubermos respeitá-la".

  Entidades e órgãos citados nesse artigo:

  • Assembléia Geral das Nações Unidas;
  • ONG WWF-Brasil;
  • Sociedade Brasileira de Dermatologia;
  • Advocacia-Geral da União;
  • Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil.
Licença Creative Commons | Atribuição | Uso Não-Comercial | Vedada a Criação de Obras Derivadas
Alguns direitos reservados
Exceto quando assinalado, todo o conteúdo deste site é distribuído com uma licença de uso Creative Commons
Creative Commons: Atribuição | Uso Não-Comercial | Vedada a Criação de Obras Derivadas

Como seria o Vade Mecum dos seus sonhos?

Estamos trabalhando em um Vade Mecum digital, inteligente, acessível e gratuito.
Cadastre-se e tenha acesso antecipado e gratuito à nossa versão beta.