V. Referências

AGAMBEN, Giorgio. Tempo e história: crítica do instante e do contínuo. In: AGAMBEN, Giorgio. Infância e história: destruição da experiência e origem da história. Trad. Henrique Burigo. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2005, pp. 109-128.

BORGES, Vavy Pacheco. O que é História. 4ª edição. Brasília: Editora Brasiliense, 1998.

BRASIL. STF - Supremo Tribunal Federal. Notícias STF. "Justiça que tarda, falha", afirma Cármen Lúcia na CCJ do Senado. Quarta-feira, 17 de maio de 2006. Disponível em (acesso em 19 de setembro de 2008).

COMTE, Augusto. "A filosofia positiva e o estudo da sociedade." In: Teorias da história, edição: Patrick GARDINER, 90-100. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 1995.

CONDORCET, Antoine-Nicolas. "O progresso do espírito humano." In: Teorias da história, edição: Patrick GARDINER, tradução: Vítor Matos e Sá, 62-70. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 1995.

DWORKIN, Ronald. Integrity In Law. Capítulo 7 in DWORKIN, Ronald. Law's Empire. Cambridge, Massachusetts: The Belknap Press of Harvard University Press, 1986.

FOUCAULT, Michel. A verdade e as formas jurídicas. 3ª. Edição: Léa Porto de Abreu et al. J. (supervisão final do texto) NOVAES. Tradução: Roberto Cabral de Melo MACHADO e Eduardo Jardim MORAIS. Rio de Janeiro, RJ: NAU Editora, 2005.

GOOGLE SCHOLAR BETA. Pesquisa "justiça que tarda é uma justiça falha". Disponível em (acesso em 19 de setembro de 2008).

HEGEL, Georg Wilhelm Friedrich. "O curso da história universal." In: Filosofia da História, por Georg Wilhelm Friedrich HEGEL, tradução: Maria RODRIGUES e Hans HARDEN, 53-72. Brasília: EdUnB, 1999.

KANT, Immuanuel. "Idéia de uma história universal de um ponto de vista cosmopolita." In: Teorias da história, edição: Patrick GARDINER, tradução: Vítor Matos e Sá, 28-41. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 1995.

KOSELLECK, Reinhart. "Uma resposta aos comentários sobre o Geschichtliche Grundbegriffe." Cáp. 7 em História dos conceitos: debates e perspectivas, por Marcelo Gantus JASMIN e João (org.) FERES JÚNIOR, tradução: Janaína OLIVEIRA e Marcelo Gantus JASMIN, 97-109. Rio de Janeiro, Rio de Janeiro: Editora PUC-Rio: Edições Loyola: IUPERJ, 2006.

MARRAMAO, Giacomo. Passado e futuro dos direitos humanos: da "ordem pós-hobbesiana" ao cosmopolitismo da diferença. Edição: Flaviane de Magalhães BARROS e Marcelo Andrade Cattoni de, OLIVEIRA. Tradução: Lorena Vasconcelos Porto. Minas Gerais, 2007.

_______. "Tempo e revolução." Cáp. 1 em Poder e secularização: as categorias do tempo, por Giácomo MARRAMAO, tradução: Guilherme Alberto Gomes de Andrade. São Paulo, Sâo Paulo: Editora UNESP, 1995.

METZ, Johann Baptist. Dios. Contra el mito de la eternidad del tiempo. In: PETERS, Tiemo Rainer y URBAN, Claus (ed.). La provocación del discurso sobre Dios. Trad. Daniel Romero. Madrid: Trotta, 2001, p. 35-53.

SANTOS, Boaventura de Souza. Para uma concepção pós-moderna do direito. In:Para um novo senso comum: a ciência, o direito e a política na transição paradigmática. A crítica da razão indolente: contra o desperdício da experiência. Vol. 1, cap. 2. São Paulo, São Paulo: Cortez Editora, 2000. Pp. 119-188.

VEYNE, Paul. Como se escreve a história e Foucault revoluciona a história. 2ª ed. Brasília: UnB, 1992.

WIKIPEDIA CONTRIBUTORS. Time > Linear and cyclical time In: Wikipedia, The Free Encyclopedia. 17 de setembro de 2008. Disponível em (acesso em 19 de setembro de 2008).

_______. Arrow of time. Wikipedia, The Free Encyclopedia. 14 de setembro de 2008. Disponível em (acesso em 19 de setembro de 2008).

Sumário

Boletim Arcos

Cadastre-se para receber nosso boletim informativo
E-mail:

ok


Acompanhe o Arcos nas redes sociais


Licença Creative Commons | Atribuição | Uso Não-Comercial | Vedada a Criação de Obras Derivadas
Alguns direitos reservados
Exceto quando assinalado, todo o conteúdo deste site é distribuído com uma licença de uso Creative Commons
Creative Commons: Atribuição | Uso Não-Comercial | Vedada a Criação de Obras Derivadas

Como seria o Vade Mecum dos seus sonhos?

Estamos trabalhando em um Vade Mecum digital, inteligente, acessível e gratuito.
Cadastre-se e tenha acesso antecipado e gratuito à nossa versão beta.