Artigos

Implantação e Administração da Qualidade Total em Instituição Particular de Ensino Superior com Ênfase no Programa 9S

Eric Ricardo Calhau de Castro
IMPLANTAÇÃO E ADMINISTRAÇÃO DA QUALIDADE TOTAL EM INSTITUIÇÃO PARTICULAR DE ENSINO SUPERIOR, COM ÊNFASE NO PROGRAMA 5S MAJORADO EM 4 SENSOS.

Eric Ricardo Calháu de Castro

Doutor em Administração de Negócios, pela American World Univertisy of Iowa - USA. (rec. UFRJ)

Professor do Curso de Matemática da FERP.

RESUMO

Observa-se numa Instituição de Ensino Superior Particular, diversas “falhas” em todos os segmentos, como por exemplo: desperdício, limpeza, organização, capacitação profissional do corpo administrativo e docente, insatisfação de toda a comunidade acadêmica, processos de informação e comunicação, postura de atendimento e etc. Com a implantação de forma democrática do Programa 5S (Seleção, Ordenação, Limpeza, Bem-Estar e Auto-Disciplina) majorado em 4 Sensos que são: União, Auto - Treinamento, Economia e Aparência, e, administrado de forma sob os estilos democrático e autocrático , através de dados empíricos (questionários e observações) , o objetivo é resultar numa Instituição com elevado padrão de ensino, uma maior satisfação de todo o corpo funcional e principalmente o discente, que inclusive, terá seu rendimento acadêmico elevado.

ABSTRACT

In an Institution of Private higher education, it is observed several " flaws " in all the segments, as for instance: waste, cleaning, organization, professional training of the administrative and educational body, the whole academic community's dissatisfaction, processes of information and communication, attendance posture and etc. With the implantation in democratic way of the Program 5S (Selection, Ordination, Cleaning, Well to Be and Solemnity-discipline) majorado in 4 Senses that are: Union, Solemnity - Training, Economy and Appearance, and, administered in way under the democratic and autocratic styles, through empiric data (questionnaires and observations), the objective is to result in an Institution with high teaching pattern, a larger satisfaction of the whole functional body and mainly the discente, that besides, he/she will have your high academic revenue.

INTRODUÇÃO

Os números estão aí para estudo e análise: aumentam as vagas no vestibular unificado e diminuem os competidores, o que vem sucedendo a partir de 1981. Os números e o fato demandam interpretação, permitem deduções, ensejam consequências, exigem reflexão. Ao que parece, em apreciação perfunctória, os bancos universitários começaram a perder seu charme e não mais representam a chave salvadora que abre as portas do mercado de trabalho mais bem remunerado e com status. Está certo, mas correto é também acreditar que os custos da educação, elevados a patamares somente acessíveis à pequena parcela da população, concomitantemente com o retorno de provas eliminatórias, afastarem o sonho de alguns e demonstrarem a incapacidade de outros. O preço e a insatisfação, os estudos feitos em Instituições de Ensino Superior, são obstáculos até o presente momento insuperáveis. Lamentável destacar que na maioria das Instituições Particulares de Ensino Superior , portanto pagas, se houver aperto, haverá desistências e transferências. A Direção de um determinado Curso vê-se às voltas com o equilíbrio orçamentário, qualificação do corpo docente, capacitação do corpo administrativo, organização setorial, limpeza, atendimento às expectativas do corpo discente, que é o cliente preferencial de uma Instituição de Ensino Particular, ocasionando um enorme atraso no desenvolvimento e aperfeiçoamento na formação profissional e na formação como cidadão deste.

O equilíbrio aluno – professor - corpo administrativo, o sucesso neste mercado extremamente competitivo, está na implantação da Filosofia da Qualidade Total adotando o Programa 5S majorado em quatro Sensos, suprimindo todas as outras ferramentas constantes desta Filosofia, passando então a ser tratado como questão Sine qua non para que a Instituição tenha garantida a sua sobrevivência. A agregação da palavra “Total” à palavra “Qualidade” significa compreender que apenas ações parciais, geralmente corretivas, não são suficientes para alcançar e manter o sucesso no mercado cada vez mais competitivo e globalizado. Qualidade Total é, portanto, o princípio e a própria ação para a mudança cultural nas organizações e Instituições.

O PROGRAMA 5S MAJORADO EM 4 SENSOS - sequenciamento

O Programa 5S surgiu a partir de maio de 1950 quando a equipe do professor Kaoru Ishikawa lançou um método de combate aos desperdícios e eliminação de perdas, visando otimizar os parcos recursos existentes em um país destruído pela guerra. Este método, que mexeu com o moral dos japoneses, foi chamado de 5S sendo composto de cinco ações ou Sensos, que começam com a letra “S” quando pronunciados em japonês. Os cinco Sensos deste método são: Seleção, Ordenação, Limpeza, Bem Estar e Autodisciplina.

A partir daí o Programa se completa com nove Sensos e a implantação de cada Senso deve seguir uma sequência padrão tendo em vista suas correlações, ou seja, a necessidade de conhecimentos prévios, oriundos de um determinado Senso, para a perfeita aplicabilidade do Senso a seguir.

As aplicações devem ser distribuídas, segundo uma ordem de evolução, incluindo as implantações de ordem especificamente setorial, especificamente humana ou em ambos os casos. O quadro de implantação é apresentado a seguir, para melhor entendimento dessa sequência.

SENSOS

EM PORTUGUÊS

TRADUÇÃO

EM JAPONÊS

ORDEM DE IMPLANTAÇÃO

APLICAÇÃO ESTRUTURAL

APLICAÇÃO HUMANÍSTICA

União

Shikari Yaro

1

X

X

Autotreinamento

Shido

2

X

Seleção

Seiri

3

X

X

Ordenação

Seiton

3

X

Limpeza

Seiso

3

X

Economia

Setsuyaku

4

X

Aparência

Niteiru

5

X

X

Bem - estar

Seiketsu

6

X

Autodisciplina

Shitsuke

7

X

O Programa 5S majorado em quatro Sensos demonstrou-se através de pesquisa psicográfica, que, uma vez implantado, seguindo processos determinados e adotando a dose certa de estilo de liderança para a sua administração, como determinante na elevação da Qualidade de uma Instituição Particular de Ensino Superior, onde todos uma vez envolvidos, a qualidade de vida da Instituição e a dos seres humanos estará assegurada, assim como também, a qualidade do ensino praticado por esta.

Vê-se então que os integrantes da Instituição de Ensino devem acreditar e aceitar a implantação do Programa 5S majorado em quatro Sensos aplicando-os de forma a assegurar sua eficácia, pois se trata como já foi destacado, de uma questão de sobrevivência. Todos que passaram pela auto-sugestão da implantação e administração do referido Programa sentiram a emoção de que é prazeroso e saudável, devido à simplicidade e objetividade.

As resistências quanto à implantação do Programa devem ser tomadas como desafio que a partir daí, deve-se demonstrar a determinação e convicção quanto da implantação do referido Programa. As resistências podem e devem ser tomadas como parâmetros indicadores de anomalias quanto a mudanças pois nem todos estão dispostos a passarem por estas.

A liderança em cada etapa do Programa é o denominador comum, a agregadora de um grupo, que o motiva para conseguir um objetivo comum. Não existem líderes absolutos e sim liderança gerencial dentro de uma Instituição Particular de Ensino. As lideranças conhecidas são: democrática, autocrática e liberal. Este trabalho científico tratará também, segundo os questionários fornecidos à comunidade Institucional, conforme as fases A e B da aplicação dos questionários, do melhor estilo de liderança proposto, a ser aplicado em cada processo ou etapa, objetivando a obtenção dos melhores resultados.

Não se deve neste caso, entender o estilo de liderança autocrática como uma questão punitiva, onde manda quem pode e obedece quem precisa. A autocracia deve ser posturada como uma questão de solução para determinados casos onde não se consegue um denominador comum.

QUESTÕES A INVESTIGAR

Inicialmente será apresentado aos líderes administrativos, corpo administrativo, corpo docente e corpo discente da Instituição de Ensino, um questionário “A” para se poder levantar dados iniciais, indicadores psicográficos das questões que se reportam ao Programa 5S majorado em 4 Sensos, em número de quinze para cada segmento, obtendo-se desta forma uma amostragem.

Em segunda fase, será apresentado o Programa para toda a comunidade da Instituição de Ensino, enfatizando os benefícios que este poderá trazer, é a fase da conscientização.

Finalmente será apresentado o questionário “B” para os que responderam o questionário A, podendo-se desta forma, observar graficamente, os resultados pertinentes aos itens abaixo discriminados:

Interação dos funcionários de um determinado setor

Melhoria dos meios de comunicação da Instituição fruto da união

Limpeza da Instituição

Economia

Rendimento do corpo discente

Motivação para a auto- capacitação do corpo funcional

Motivação para a auto- capacitação do corpo docente

Aparência da Instituição

Aparência da comunidade da Instituição

Satisfação do corpo docente

Satisfação do corpo discente

Os questionários aplicados em fases A e B, especificamente para os lideres administrativos, corpo administrativo, corpo docente e corpo discente, constam de perguntas elaboradas de tal forma que, quando analisadas as suas respostas, que são enfatizadas numericamente em escala de zero a dez, pode-se graficar em demonstrativo percentual, o atendimento dos requisitos no qual se propõe o Programa 5S e seus acréscimos, destacando a evolução ou involução de um determinado requisito.

ANALOGIAS DOS SENSOS

Tendo em vista que os Sensos foram criados exclusivamente para atender a segmentos industriais, é apresentado a seguir, as analogias dos respectivos Sensos de seus segmentos físicos(industriais) e acadêmicos(Instituição de Ensino).

Senso de Seleção

Segmento Físico

Consiste em selecionar itens/objetos necessários e os desnecessários, descartando os desnecessários e mantendo os necessários no local de trabalho e com fácil acesso. Destaca-se que dentro dos tabulados como necessários, estes se dividem em mais ou menos necessários.

Segmento Acadêmico

Consiste em selecionar adequadamente os funcionários e membros do quadro docente da Instituição de Ensino, bem como selecionar o estilo de trabalho que se deseja implantar, dando desta forma, identidade à Instituição. Por exemplo, em Instituição Particular de Ensino, o processo de seleção para ingresso do corpo discente é o vestibular quando o ideal seria o temporário. Devido à baixa procura, todos os interessados teriam acesso imediato ao Curso pretendido e a continuidade, ou seja, a permanência deste no Curso dependeria de seu rendimento. Dentro da Filosofia da Qualidade Total, este Senso suprime tempo e incentivo a treinamento pois na seleção todos os fatores seriam levados em consideração.

Outro aspecto importante dentro desse Senso, é o professor selecionar bem os recursos que utilizará para cada explanação e, selecionar as formas de avaliação a serem adotadas. Cabe salientar que “avaliar” o aluno não é um processo punitivo, e sim, mecanismo diagnóstico auxiliador no processo ensino x aprendizagem.

Senso de Ordenação

Segmento Físico

Tudo deve ser colocado em local adequado, ou seja, tudo deve ser ordenado de maneira que o uso seja imediato, sem perda de tempo. Um funcionário antigo sabe exatamente o lugar de cada coisa, mas um novo funcionário pode não saber. É necessário compreender que o tempo procurando coisas deve ser diminuído. Os pontos de estocagem devem ser identificados e ordenados.

Segmento Acadêmico

As salas de aulas deverão possuir condições adequadas para o pleno desempenho às suas destinações; os quadros de aviso deverão estar estrategicamente posicionados de tal forma que o aluno, o professor e membros da comunidade não percam tempo tendo que chegar até ele; os equipamentos técnicos deverão estar guardados próximos às salas de aula. É importante que os processos de comunicação e informação estejam bem definidos. Importante destacar implicitamente neste Senso, que o fator tempo pode ser um grande diferenciador e/ou indicador de Qualidade.

Senso de Limpeza

Segmento Físico

Mantendo limpo o local de trabalho, facilita a localização de documentos e a identificação de problemas em máquinas e equipamentos. Eliminar constantemente a sujeira do local de trabalho. Não colocar instrumentos de limpeza como vassoura, balde, etc, diretamente sobre o piso. Deve-se manter fios e cabos fora da área de circulação, pois pode causar acidentes. Não deve-se manter itens pessoais guardados em armários cuja destinação é conter itens de trabalho.

Segmento Acadêmico

Equipamentos limpos, salas de aula limpas, ambientes abertos limpos, circulações sem obstáculos, quadros de aviso limpos e atualizados, lousas limpas, etc, demonstram Qualidade. Destaca-se a importância de recipientes adequados e posicionados de tal forma, em ambientes abertos, que possibilitem a todos, a produção da limpeza na Instituição de Ensino, assim como também em ambientes fechados.

Este Senso tem fundamental interação com o Senso de Aparência pois é a partir da limpeza que será realçada a Aparência. Não reporta-se aqui apenas a aparência da Instituição mas também, no que tange à limpeza, limpando-se os maus hábitos, a falta de postura, etc, será conquistada a aparência salutar.

Senso de Bem - Estar

Segmento Físico

Trata-se de um Senso no qual os cinco primeiros devem estar afinados. Reporta-se às condições físicas e mentais de todos. Deve-se manter os ambientes em condições satisfatórias de uso, contribuindo com a limpeza, contribuindo com os clientes internos e externos. O corpo deve estar são, livre de preconceitos contra pessoas e idéias.

Segmento Acadêmico

Todos os membros dos corpos administrativo e acadêmico de uma Instituição de Ensino Particular devem estar livres de preconceitos, abertos a novas idéias ou ao cumprimento de regras e dispostos a atingir um objetivo em comum, ou seja, elevar o padrão de qualidade da Instituição de Ensino, atendendo às expectativas de todos.

Os Sensos anteriormente destacados devem estar implantados e executados para que este Senso possa atingir seu grau máximo de eficácia.

Senso de Aparência

Segmento Acadêmico

Trata-se de Senso voltado exclusivamente para o ser humano. Um funcionário seja ele administrativo ou de ensino, deve primar pela Aparência. Este Senso não se restringe somente à aparência visual, como por exemplo: funcionários com uniformes padronizados, líderes administrativos de terno e gravata e professores bem vestidos, com barba feita e cabelo aparado. Vai muito além disso. Um vocabulário rico e adequado, atendimento personalizado, atenção, gesticulações elegantes, educação e tom de voz aplicado em uma determinada situação, espelham o grau de respeitabilidade de ambas as partes.

O cliente externo ou interno terá uma aceitação ou aceitará de forma bem mais profissional uma determinada determinação, explicação e até mesmo, pode-se dizer que fortalece um possível sucesso em algum processo de negociação.

Em tese, a Aparência é um investimento bastante lucrativo pois o retorno é certo. Dados psicográficos demonstram claramente o nível de interesse pela Aparência junto aos funcionários, onde cada um tem definido seu índice e também, muitos que passaram por experiências onde a Aparência foi determinante para o sucesso, revelam seu índice.

Não se deve confundir aqui, o Senso de Aparência com o Senso de BemEstar ou Higiene. Como foi citado nesse trabalho, o Senso de Aparência fundamenta-se no comportamento e no visual do ser humano, colocando em questão toda uma gama de atribuições natas ou inatas, mas que devem ser dirigidas ao seu cumprimento.

A Aparência também envolve o aspecto da “ética” e o ato de falar não envolve apenas o modo de falar e pronunciar, envolve tão importante quanto, ou mais em alguns casos, o que falar. O receptor cliente é muito atento a este tema o pode ser visto como elemento fundamental para a credibilidade das pessoas e da Instituição de Ensino.

Senso de Economia

Segmento Físico

Com as pessoas conscientizadas quanto à importância do combate ao desperdício certamente estará se fazendo economia. Uma máquina sem lubrificação, retrabalhos, um queimador de caldeira sujo. Segundo dados de pesquisa obtidos de Dissertação de mestrado do Prof. José Abrantes, cerca de 20 a 25% da energia elétrica é desperdiçada nas indústrias e, cerca de 40% da água tratada também é desperdiçada.

O desperdício não é só material, existe também o desperdício, talvez o mais significativo, “ tempo”. O tempo elevado que as pessoas demoram para alcançar algo que é imprescindível para sua tarefa, ou o tempo elevado que as pessoas demoram para executar uma determinada tarefa, tendo em vista sua falta de preparo, são indicadores de desperdício.

É comum verificar nas indústrias, o mesmo trabalho sendo executado por pessoas diferentes resultantes em intervalos de tempo bem diferentes para a obtenção do mesmo resultado.

Segmento Acadêmico

Em Instituição Particular de Ensino, o fator economia é fundamental para que os cofres desta não sejam lesados, podendo ser disponibilizadas verbas para outros fins, e também, processos acadêmico-administrativos possam ser viabilizados de forma a atender às expectativas de todos.

Um professor que chega na sala de aula para ministrar conteúdos pertinentes à sua disciplina, quando não encontra giz ou outro recurso necessário, perde tempo aguardando o solicitado; material de secretaria usado de forma inadequado, como por exemplo: ao se falar no telefone costuma-se desenhar em papel, isto desperdiça o papel e também tinta da caneta ou, papel que se usa num verso só deve ser futuramente usado como rascunho; lavagem dos pisos fazendo uso exclusivo da água, o que se chama mangueira hidráulica, não utilizando vassouras, desperdiça-se água; computador ligado ininterruptamente sem ser usado, desperdiça energia elétrica; setores hiper-dimensionados quanto ao corpo funcional geram desperdício na folha de pagamento, inclusive, gerando ociosidade deste corpo; diferença salarial para mesma função gera insatisfação, portanto, desperdício de mão-de-obra; documentação acadêmica destinada ao corpo discente liberada de forma demorada, gera desperdício pois o discente ficará insatisfeito e se tornará um fator para a evasão; reuniões programadas e bem definidas são importantes durante o expediente, mas se não forem objetivas gerarão desperdício de trabalho dos participantes; a desinformação ou a informação incompleta gera desperdício; tolerância em demasia quanto à entrada do corpo administrativo para o trabalho ou, do professor para iniciar suas aulas gera desperdício de trabalho, salas de aulas mal projetadas quanto ao número de alunos para sua ocupação gera desperdício de espaço físico; provas aplicadas por professores que ocupam pouco intervalo de tempo e após os alunos são dispensados, geram desperdício de tempo quanto à assimilação de conhecimentos.

Continuando o registro de aspectos que ferem à economia, o não saber operar bem um determinado equipamento gera desperdício de tempo e pode gerar desperdício do equipamento; uso abusivo de telefonemas particulares acresce as despesas e desperdiça tempo; empréstimos inadequados de livros ao corpo docente e discente também geram desperdício à Instituição de Ensino.

Não se pode ocultar outro grande vilão da economia que é a imagem da Instituição. Esta, quando mal vista ou desconceituada por uma série de fatores internos ou externos, desperdiça através de sua imagem, toda a sua credibilidade junto à comunidade em geral.

Senso de Autodisciplina

Segmento Físico

Para manter a Autodisciplina é necessário praticar os oito Sensos anteriores até que os conceitos sejam incorporados e se transformem em uma filosofia de vida. Esta constância de propósitos é a essência do conceito de auto disciplina. É a prática dos 8S anteriores somada ao acatamento de todas as normas da Instituição. Cooperação, determinação, respeito à opiniões do próximo, educação e honestidade, são qualidades fundamentais para a execução do exercício com profissionalismo e elegância.

Segmento Acadêmico

Determinadas as regras e padrões da Instituição de Ensino, todo o quadro funcional, seja em que nível hierárquico estiver enquadrado, deverá seguí-las a risca. O Senso de Autodisciplina deve ser adotado como filosofia de vida, praticando os Sensos anteriores de forma rigorosa. O sucesso imediato e contínuo do Programa 5S e seus acréscimos será eficiente e eficaz com a prática uniformizada dos 8S anteriores, sempre mentalizando o último Senso. Isto faz com que cada Senso praticado se torne parte integrante do Senso anterior e cada parte ou Senso, se somará formando um todo. Desta forma, o Programa dos nove Sensos se solidifica, se torna compacto, não podendo haver fragmentos dispersos.

Deve-se também registrar que a autodisciplina é uma questão geralmente pessoal, onde cada indivíduo adota o seu índice particular de aceitação disciplinar. Quando não, a autodisciplina pode ser trabalhada de forma sistêmica, até se alcançar o índice satisfatório.

PLOTAGEM DOS REULTADOS

TRATAMENTO ESTATÍSTICO DOS RESULTADOS

VERIFICAÇÃO DOS RESULTADOS

APLICAÇÃO DE QUESTIONÁRIO

Fase “B”

COMPLEMENTAÇÃO DA CONSCIENTIZAÇÃO DA IMPORTÂNCIA DO PROGRAMA EM INSTITUIÇÃO DE ENSINO

VERIFICAÇÃO DAS RESPOSTAS E PLOTAGEM DOS DADOS

APLICAÇÃO DE QUESTIONÁRIO

Fase ‘A”

TRABALHO IMAGINATIVO QUANTO À IMPLANTAÇÃO DO PROGRAMA 5S MAJORADO EM 4 SENSOS

nnnnnnnnnnnnnn

 

APRESENTAÇÃO E DISCUSSÃO DOS RESULTADOS

Tendo em vista que em Instituição Particular de Ensino Superior no Brasil, principalmente, a qualidade dos serviços burocráticos prestados e a qualidade do ensino ministrado, na concepção e delineamento de ações, não envolvem o cliente preferencial que é o aluno, o Programa 5S majorado em 4 Sensos estabelece junto ao corpo docente e administrativo, um cenário de parceria, fazendo desta forma, com que o aluno sinta-se participativo junto aos processos. É importante esta parceria tendo em vista que as informações coletadas no dia a dia são valorosas para as devidas correções, se ocorrerem, e melhorias dos processos de forma mais adequada e rápida.

Assim sendo, são apresentados a seguir, de forma descritiva, os resultados oriundos do tratamento estatístico realizado com base nos questionários. Nota-se que estão em anexo os questionários bem como os gráficos, resultantes dos quadros. Destacável registrar que tais quadros revelam a grandiosidade e importância de se estabelecer de forma rápida, a iniciação da implantação do Programa 5S majorado em 4 Sensos.

Todos os tópicos do Programa foram abordados e é surpreendente a elevação do índice de cada um. Isto já indica uma patologia favorável à implantação, seguindo as etapas descritas e adotando os estilos de liderança adequados.

I.N. - índice inicial (antes do Programa)

I.P. - índice posterior ( após a implantação do Programa)

SEGMENTO

SELEÇÃO

Í. N.

Í. P.

Líderes Administrativos

Interação com os funcionários

4

7

Processos

6

7

Aparência

4

8

Limpeza

3

6

Motivação para auto capacitação

5

8

Economia

5

8

SEGMENTO

SELEÇÃO

Í. N.

Í. P.

Setores Administrativos

Interação com os funcionários e outros

setores

5

7

Processos

5

8

Aparência

4

8

Limpeza

4

7

Motivação para auto capacitação

4

8

Economia

4

8

SEGMENTO

SELEÇÃO

Í. N.

Í. P.

Corpo Docente

Processos

5

8

Motivação para auto capacitação

5

8

Interação com os alunos

5

8

Recursos técnicos

4

9

Aparência

4

9

Economia

4

7

Limpeza

4

7

SEGMENTO

SELEÇÃO

Í. N.

Í. P.

Corpo Discente

Processos

4

7

Motivação para auto capacitação

4

7

Interação com os professores

3

6

Recursos técnicos

3

6

Aparência

3

9

Economia

3

9

Limpeza

4

7

CONCLUSÕES E RECOMENDAÇÕES

Criar qualidade no ambiente da Instituição de Ensino Superior é unir com sinergia, dentro do seu universo, as pessoas, as suas necessidades, as informações, a sabedoria, o comprometimento, os conflitos construtivos, a afetividade, a motivação, a tarefa e a disciplina.

A qualidade só será tida como total quando a Instituição encarar o desafio de desenvolver seu nível de desempenho a partir da integração do fator humano com a tecnologia e o negócio. Quando adotar uma abordagem que busque qualidade em seu ambiente, começando pelo comprometimento de todos quanto da aplicação do Programa 5S majorado em 4 Sensos. O sucesso da Instituição com a implantação de tal Programa, depende da arte de mobilizar o potencial criativo de cada colaborador, fazendo de seus líderes pessoas inspiradas para garantirem o ambiente energizado. Com isto, ganha a Instituição e ganha o aluno.

Vê-se nos gráficos que, em relação aos tópicos abordados, os graus obtidos através da visão dos participantes do trabalho , sofrem uma variação em aclive, após a implantação do Programa 5S majorado em 4 Sensos, em uma Instituição Particular de Ensino Superior.

Por se tratar de pesquisa em nível de mentalização quanto ao Programa, procede a afirmativa que, se tal Programa for realmente implantado e devidamente administrado conforme sugestão no Trabalho Científico, o grau dos índices abordados será expressivamente elevado.

Como proposta de que o índice de evasão seja diminuído, a qualidade do ensino elevada, o rendimento do alunato elevado, custos mais baixos e serviços prestados com melhor qualidade, o Programa 5S majorado em 4 Sensos impõe uma interação intensa entre todos os membros da Instituição, envolvendo inclusive o corpo discente, que passa a merecer destaque no processo, tendo em vista sua participação ativa.

Assim sendo, o cliente preferencial que é o aluno, estará mais satisfeito e a possibilidade de sua manutenção na Instituição torna-se ampliada. Isto possibilita que a Instituição possua um número de alunos suficiente, elevando sua receita e possibilitando maiores e melhores empreendimentos em prol do ensino e serviços prestados.

Recomenda-se que os estilos de liderança nas fases apresentadas neste, sejam bem esclarecidos. A liderança democrática é fundamental em todo o escorpo do referido Programa, mas, a liderança autocrática também é importante, pois o ser humano necessita sentir-se, de certa forma, estar constantemente satisfazendo às necessidades e expectativas de alguém ou alguma coisa. Portanto a sensação de estar sendo efetivamente cobrado é notória.

Recomenda-se também que não só os serviços e a qualidade do ensino sejam valorizados. É fundamental que o corpo funcional da Instituição em todos os níveis tenham assegurados os reconhecimentos como profissional e ser humano que é. Para isto, o método KAIZEN é fundamental para o sucesso dessa proposta.

Plano de cargos e salários, programas de “funcionário padrão” periódico, programas e “aluno do mês” com possível desconto na mensalidade, etc, são iniciativas da Instituição Particular de Ensino Superior que podem surtir um efeito bastante satisfatório no que tange ao “ser humano”.

Outros Programas que envolvam também o desempenho profissional e funcional não podem deixar de existir. A geração de motivação dinâmica é extremamente bem vinda pois o funcionário passa a ter um motivo para a ação, sempre em benefício da Instituição.

Cabe registrar que tais programas não necessariamente envolvem verbas significativas. Pode-se para o corpo funcional, referente ao seu desempenho, estabelecer critérios de folga ou diminuição da jornada de trabalho por um período. Para o corpo acadêmico, especificamente o corpo discente, pode-se estabelecer critérios de recebimento de declaração, que muito auxilia em seu currículo. Para o corpo docente, projeção em nível de divulgação interna e externa, que muito contribuirá para o seu sucesso no campo do ensino.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

ALMEIDA, A. L. Mendes. Escola Cruel. Rio de Janeiro: Lumem, 1994.

CERQUEIRA, E. P. Neto. Gestão da Qualidade Total - Princípios e Métodos. São Paulo: Pioneira, 1993.

FALCONI, V. Campos. Controle da Qualidade Total. Belo Horizonte: Fundação Christiano Ottoni, 1992.

GENTIL, A. A. Pablo. Neoliberalismo, Qualidade Total e Educação. Petrópolis: Vozes, 1994.

GOMES, D. Dias. A Jornada para Gestão da Qualidade Total Através da Estratégia do Aprimoramento Contínuo da Escola. Rio de Janeiro: Grifo, 1994.

HIRANO, Hiroyuki. 5S na Prática. São Paulo: Imam, 1992.

JURAN, J. M. Controle da Qualidade. São Paulo: Mc GrawHill, 1993.

YAMADA, K. Educacation and Training, Kenshu, AOTS – Association for Overseas Technical Scholarship, 1991.

PALAVRAS CHAVES

Qualidade; Cliente; Senso; Ensino; Sinergia.

Licença Creative Commons | Atribuição | Uso Não-Comercial | Vedada a Criação de Obras Derivadas
Alguns direitos reservados
Exceto quando assinalado, todo o conteúdo deste site é distribuído com uma licença de uso Creative Commons
Creative Commons: Atribuição | Uso Não-Comercial | Vedada a Criação de Obras Derivadas

Como seria o Vade Mecum dos seus sonhos?

Estamos trabalhando em um Vade Mecum digital, inteligente, acessível e gratuito.
Cadastre-se e tenha acesso antecipado e gratuito à nossa versão beta.