Artigos

Lição de Casa e o Ensino Fundamental

Janaina De Souza Favero

A lição de casa no Ensino Fundamental I

Janaina Fávero

RESUMO Este artigo foi escrito com a intenção de mostrar as observações feitas das dificuldades enfrentadas pelos alunos, pais e professores. Em muitas ocasiões os pais interferem nas lições fazendo correções extremas, e chegam muitas vezes a fazer a tarefa pelos filhos para que os mesmos não “errem” e não sejam “punidos” pelos professores. Os professores, por sua vez, atribuem às famílias a culpa pela omissão no acompanhamento da vida escolar dos filhos, reclamam com essa família a cada vez que uma tarefa deixa de ser entregue e cobram uma ação mais efetiva deles para que a criança aprenda, quando na verdade o ideal é que seja desenvolvida, no aluno, a autonomia, a responsabilidade e a certeza de que a lição de casa será a realimentação de seu aprendizado. São justamente esses conflitos, entre escola x pais x alunos, que este artigo busca evitar, mostrando a esses indivíduos estratégias de ação para que o entendimento efetivo sobre o papel da lição de casa seja entendido por todos.

PALAVRAS-CHAVE: Ensino Fundamental 1, Lição de Casa, Pais e Professores.

Desenvolvimento

A lição de casa é um assunto que gera muitas discussões ainda entre o meio estudantil e professor. Diferentes escolas usam distintos métodos de aprendizagem, onde o aluno e professor encontra uma forma de aplicar uma atividade extra pratica e uma forma a mais de rever a matéria dada em sala de aula.

Antes de elaborar uma lição de casa o professor deve saber primeiramente de que forma deseja avaliar o aluno. . Existem três tipos diferentes de lição de casa: aquela que sistematiza conhecimentos, a lição preparatória para a aprendizagem e a lição de aprofundamento. A Lição que sistematiza conhecimentos é o tipo de lição mais comum. Nessa modalidade o aluno faz exercícios sozinhos. Ao analisar as respostas o professor verifica quais são os principais problemas individuais e coletivos da turma e pode reforçar os conteúdos em que os alunos apresentam mais dificuldades. A Lição preparatória é a lição que introduz um novo tema. Antes de começar a trabalhar o novo assunto, o professor pode pedir que os alunos lessem notícias de jornais relacionadas ao mesmo. Assim, antes de introduzir o novo conteúdo, ele sonda o que os estudantes já sabem sobre ele. Lição de aprofundamento é a lição em que o aluno aprofunda os temas já estudados por meio de trabalhos mais longos. Pode ser uma pesquisa sobre determinado assunto ou a apresentação oral de um trabalho. Em relação às estratégias, existem inúmeras. Posso citar algumas: exercícios objetivos, exercícios reflexivos, produções de texto, pesquisas, resumos, filamentos, confecção de cartazes, maquetes etc..

É importante que os alunos entendam por que a proposta daquela lição é importante,

Como ela está articulada ao conteúdo visto em sala de aula e como ela será retomada pelo

Professor. Essa atitude fará com que a turma veja sentido na tarefa.

Há alunos que apresentam uma necessidade de corresponder à ideia de que só serão

Aceitos pelo professor, se suas lições estiverem completas, corretas e perfeitas, ideia que lhes.

Causa angústia e sofrimento. Há aqueles que não se permitem errar. Sendo assim, não se.

Permitem tentar, ousar, levantar hipóteses, pensar e fazer conforme aquilo que pensou. São

Alunos que precisam da certeza de que sua resposta é aquela que, supostamente, o professor.

Está esperando. É exatamente isso que não

Em se tratando do tempo destinado à orientação dos alunos em relação à lição de casa

Do dia, não é possível determinar o tempo ideal. O importante é que ele seja suficiente para

Que os alunos entendam a proposta e que saiam da sala de aula sem dúvidas. No início do ano

Devemos esperar de nosso aluno. É importante

Deixar claro para alunos e pais/responsáveis que não é preciso acertar tudo na lição de casa,

Mas sim tentar de todas as formas resolverem todas as questões, colocando em prática tudo o que.

Foi aprendido. Novamente, neste momento, é o trabalho do psicopedagogo com esse aluno e.

Com sua família que dará respaldo ao trabalho do professor.

Dessa forma, é de suma importância que os profissionais da educação invistam no.

Planejamento dessas tarefas de modo que elas sejam produtivas e atinjam o objetivo proposto,

Que levem em consideração a heterogeneidade das salas de aula e que não tomem a lição de

Casa como algo que possa punir ou desestimular o aluno, mas sim, o contrário: utilizem a.

Lição de casa para sondar o aprendizado de seus alunos, instigá-los, torná-los ativos.

O psicopedagogo institucional, em conjunto com a equipe pedagógica, só tem a.

Contribuir, a partir do momento em que desenvolverá na instituição, junto com essa equipe,

Um trabalho preventivo. Ele poderá ajudar a equipe docente a identificar as condições sociais

E emocionais de cada aluno, suas dificuldades e competências para esta ou aquela tarefa e.

Principalmente suas especificidades.

Leia Mais: http://www.abpp.com.br/artigos/132.pdf

Licença Creative Commons | Atribuição | Uso Não-Comercial | Vedada a Criação de Obras Derivadas
Alguns direitos reservados
Exceto quando assinalado, todo o conteúdo deste site é distribuído com uma licença de uso Creative Commons
Creative Commons: Atribuição | Uso Não-Comercial | Vedada a Criação de Obras Derivadas

Como seria o Vade Mecum dos seus sonhos?

Estamos trabalhando em um Vade Mecum digital, inteligente, acessível e gratuito.
Cadastre-se e tenha acesso antecipado e gratuito à nossa versão beta.