Obras

Os escritos de Thomas More se centraram em assuntos religiosos, como a vida de Cristo, heresias, vida contemplativa, ascese espiritual, comunhão espiritual, entre outros, apesar de a mais proeminente delas - "A Utopia" - não dizer respeito à religião diretamente. "Utopia" acaba, porém, tratando desses mesmos temas religiosos indiretamente, uma vez que More manteve, aí também, a retórica do cristianismo de origem, "da fonte", puro, sem deturpações nem desvios.

-"Diálogo da fortaleza contra a tribulação";

-"A agonia de Cristo";

-"A Apologia";

-"Um homem só (Cartas da torre)";

-"Os novíssimos";

-"Réplica a Martinho Lutero";

-"Diálogo contra as heresias";

-"Súplica das Almas";

-"Refutação da resposta de Tyndale";

-"Debelação de Salém e Bizâncio";

-"Tratado sobre a paixão de Cristo";

-"Expositio Passionis";

-"Tratado para receber o Corpo de Nosso Senhor";

-"Piedosa Instrução";

-"Orações";

-"Epitáfio";

-"Vida de Pico della Mirandolla";

-"História de Ricardo III";

-"Utopia";

A listagem de obras acima foram, em sua maioria, escritas e publicadas em latim. A correspondência e outros escritos particulares despropositais (sem o intuito de publicação, por isso em sua maior parte em inglês) de More foram coletados e agrupados em livros no século XVI e, posteriormente, também no século XX. É  o caso de: "Trabalhos de Sir More" (1557), "Thomae Mori Opera Omnia Latina"(1565), "Um homem para todas as horas"(1947), "Thomas More's Prayer Book"(1969).

Sumário

Boletim Arcos

Cadastre-se para receber nosso boletim informativo
E-mail:

ok


Acompanhe o Arcos nas redes sociais


Licença Creative Commons | Atribuição | Uso Não-Comercial | Vedada a Criação de Obras Derivadas
Alguns direitos reservados
Exceto quando assinalado, todo o conteúdo deste site é distribuído com uma licença de uso Creative Commons
Creative Commons: Atribuição | Uso Não-Comercial | Vedada a Criação de Obras Derivadas